Ataques na Arábia influenciaram a defasagem entre os preços dos combustíveis.

RIO – De acordo com a atualização mais recente, em 16 de setembro, o preço médio do diesel na refinaria nacional ficou R$ 0,12/litro abaixo do preço no Golfo do México (EUA). O preço doméstico do diesel foi R$ 2,2118/litro (sem CIDE e PIS/COFINS) e o preço no Golfo foi de R$ 2,3352/litro. A diferença entre os preços resultou do reajuste do preço da refinaria nacional em 13 de setembro, do leve aumento da taxa de câmbio (R$/US$) e da elevação do preço internacional em 6,4% quando comparado à semana (9 de setembro). Vale destacar que a elevação do preço internacional do diesel e, também, da gasolina tiveram influência do aumento do preço do barril de petróleo, este motivado pelo ataque às instalações da Aramco, empresa petrolífera da Arábia Saudita, feito por drones em 14 de setembro.

Veja a o histórico dos últimos 12 meses no gráfico abaixo:

Considerando a média semanal (de 10 a 16 de setembro) dos preços, o óleo diesel nacional esteve R$ 0,02/litro abaixo do preço do Golfo do México (EUA).

O preço da gasolina doméstica ficou R$ 0,39/litro abaixo do preço no Golfo do México (EUA), em 16 de setembro. O preço internacional da gasolina teve aumento de 7,7% com relação à semana anterior (9 de setembro) e, convertido em reais, ficou em R$ 2,0869/litro.

Acompanhe a variação nos últimos 12 meses:

Na média semanal (de 10 a 16 de setembro), o preço da gasolina na refinaria nacional ficou R$ 0,26/litro abaixo do preço do Golfo do México (EUA).

Veja a variação anual.

(Fonte: CBIE)

Comments are closed.

Navigate
EnglishPortuguese