Preço do diesel segue elevado em relação ao preço do golfo do México

RIO – De acordo com a atualização mais recente, em 03 de junho, o preço médio do diesel na refinaria nacional ficou R$ 0,20/litro acima do preço no Golfo do México (EUA). A diferença positiva é resultado do preço médio de R$ 2,1664/litro (sem CIDE e PIS/COFINS) do diesel na refinaria nacional foi enquanto o preço no Golfo foi de R$ 1,9647/litro. Veja a o histórico dos últimos 12 meses no gráfico abaixo:

Considerando a média semanal dos preços nacionais, o óleo diesel está R$0,21/litro acima do preço do Golfo do México (EUA).

Já o preço da gasolina nacional ficou R$ 0,06/litro abaixo do preço no mercado no Golfo do México (EUA). No mercado nacional o preço médio ficou em R$ 1,8143/litro (sem CIDE e PIS/COFINS) enquanto o preço no Golfo foi de R$ 1,8771/litro. Acompanhe a variação nos últimos 12 meses:

A média semanal do preço da gasolina nacional está R$0,09/litro abaixo do preço do Golfo do México (EUA). Veja a variação anual. (Fonte: CBIE)

No dia 31 de maio, a Petrobras anunciou o reajuste no preço da gasolina e do diesel de, respectivamente, 7% e 6%, com vigor a partir de 1º de junho. Com o reajuste, o preço médio da gasolina passou de R$ 1,9543/litro para R$ 1,8143/litro, uma redução de R$ 0,1399/litro. O preço do diesel passou de R$ 2,3229/litro para R$ 2,1664/litro.

Tanto o preço da gasolina quanto o do diesel tiveram queda no mercado internacional, na comparação com a semana anterior, refletindo a queda do preço do barril de petróleo. A taxa de câmbio apresentou redução na comparação semanal. Tais variáveis fizeram com que a gasolina nacional se mantivesse abaixo do preço no mercado internacional, apesar da diferença ter se reduzido. No caso do diesel, o preço nacional de refinaria ficou com a diferença positiva em decorrência da significativa queda do preço do combustível no mercado internacional.

Acompanhe o balanço completo mensal no Relatório Energia Em Foco.

O Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE) atualiza semanalmente o gráfico da defasagem entre os preços domésticos e os praticados no mercado internacional com base nos dados fornecidos pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), pelo Banco Central do Brasil (Bacen) e pela Administração de Informação de Energia dos EUA (EIA, na sigla em inglês).

(Fonte: CBIE)

Comments are closed.

Navigate
EnglishPortuguese