O QUE SÃO COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS?

Por CBIE

Os combustíveis fósseis são materiais orgânicos contendo energia de fotossíntese, criados por exposição ao calor e pressão na crosta terrestre e acumulados sob uma forma sedimentar, que podem ser utilizados como fonte de energia, ao serem queimados em equipamento apropriado. Combustíveis fósseis possuem alto percentual de carbono, também sendo conhecidos por hidrocarbonetos, e entre os mais utilizados se encontram o petróleo, gás natural e carvão. Entre os derivados destes se incluem o óleo diesel, a gasolina, a querosene, o metano, o butano e o propano, entre muitos outros.

Combustíveis fósseis / derivados do petróleo:

Apesar de serem fontes de energia de grande uso globalmente, os combustíveis fósseis são recursos não-renováveis, isto é, como levam milhões de anos para se formarem, a geração destes recursos para uso é inviável para a escala temporal humana. As reservas exploratórias desses combustíveis podem se esgotar, se o consumo se tornar maior que a produção. Além disso, tanto a produção quanto a utilização de combustíveis fósseis levantam preocupações ambientais com a poluição, pois a queima destes combustíveis produz bilhões de toneladas de dióxido de carbono anualmente, atingindo a atmosfera e podendo comprometer processos naturais necessários para a saúde humana e do planeta. Pesquisas e estudos para aumentar o aproveitamento das reservas existentes e descobrir novas reservas são feitas lado-a-lado com as pesquisas e estudos para o desenvolvimento de fontes renováveis que possam substituir o uso de combustíveis fósseis no longo-prazo. A segurança energética global depende do sucesso desta empreitada.

Para fazer uso dos combustíveis fósseis mais abundantes no Brasil, existe uma importante indústria de óleo & gás, que vai desde a prospecção por acumulações de hidrocarbonetos à sua subsequente exploração e produção. A tecnologia da perfuração permite a produção controlada do petróleo e gás natural encontrado em uma acumulação de hidrocarbonetos, através da aplicação de pressão necessária dentro do poço. Quando há um reservatório tanto com petróleo quanto com gás natural, o gás associado com o petróleo pode ser queimado, até um limite designado pela legislação brasileira, para liberar um aumento produção de óleo, devido ao maior valor deste. O petróleo e o gás produzidos domesticamente são destinados ou à exportação, ou transportado para refinarias e unidades de tratamento de gás natural no território brasileiro para atender à demanda. Para complementar a oferta doméstica, a importação de petróleo e gás natural é necessária, seja por gasodutos ou por terminais de regaseificação de gás natural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tags:

POSTS RELACIONADOS

    SIGA NOSSA NEWSLETTER

    ENERGIA SEMANAL