A capitalização da Eletrobras não tem jabutis e sim corujas

Por Adriano Pires

Protagonismo da Eletrobras no setor elétrico brasileiro depende de tornar empresa competitiva

 

Não é de hoje que o Brasil discute a privatização da Eletrobras. O debate iniciou-se em meados da década de 90. Mas só em 2021, depois de diversos aprimoramentos na modelagem, é que o projeto de fato vem avançando.

Sempre que estamos próximos de marcos importantes para a concretização do projeto surgem discussões alegando pontos negativos. Foi assim na tramitação de 2 projetos de lei, em 2017 e 2019, e na tramitação da MP (Medida Provisória) nº 1.031 em 2021, principalmente nas semanas de sua aprovação na Câmara e no Senado. E se repete agora, quando o processo de capitalização da Eletrobras se encontra em análise pelo TCU (Tribunal de Contas da União).

CONTINUE LENDO!

Publicado originalmente pelo Poder360.

POSTS RELACIONADOS

    SIGA NOSSA NEWSLETTER

    ENERGIA SEMANAL