Globalização criou riscos geopolíticos no mercado de energia

Por Adriano Pires

Transição energética precisa considerar tecnologias que assegurem o abastecimento

 

O Brasil vive há mais de uma década um Fla X Flu político, ou melhor um nós contra eles, que nada acrescenta, ao contrário, só traz perdedores. É um debate cada vez mais pobre, que deixa prevalecer a mediocridade das ideias. Esse Fla X Flu também tem ocorrido no setor de energia com a discussão sobre o papel dos combustíveis fósseis e das energias renováveis.

O debate se radicalizou nos últimos anos com discursos ferozes de alguns grupos de ambientalistas demonizando de maneira precipitada os combustíveis fósseis. O pano de fundo dessa discussão seria a necessidade, com urgência, da transição energética, para conter o aquecimento do planeta. Nesse contexto não haveria mais espaço para termos na matriz energética a participação dos combustíveis fósseis e nem mesmo da energia nuclear.

 

CONTINUE LENDO!

 

Publicado originalmente pelo Poder360.

POSTS RELACIONADOS

    SIGA NOSSA NEWSLETTER

    ENERGIA SEMANAL