Petróleo tem maior cotação em sete anos e deve subir mais, impactando combustíveis

Por Fontes Externas

Barril superou US$ 88 em Londres, com tensões geopolíticas e demanda crescente; Goldman Sachs já prevê cotação a US$ 100 no terceiro trimestre

 

O preço do barril de petróleo atingiu, nesta terça-feira, o preço mais alto em sete anos. Tensões geopolíticas, demanda robusta e sobrecarga logística aquecem a demanda e a cotação da commodity.

O preço do barril do tipo Brent, com contrato para março, terminou o dia cotado a US$ 87,51, com alta de 1,2%. Foi um recorde desde 30 de outubro de 2014, quando atingiu US$ 86,74. Na véspera, havia fechado em alta de 0,5%, a US$ 86,48 o barril.

 

CONTINUE LENDO!

 

Publicado originalmente por NovaCana.
Crédito da imagem: (Por Maksim Safaniuk/ Shutterstock)

 

POSTS RELACIONADOS

    SIGA NOSSA NEWSLETTER

    ENERGIA SEMANAL